Azulejista

(Ela)

Posted in Uncategorized by azulejista on dezembro 9, 2010

[Azulejo 18] (Ela). 2010. Folhetos distribuídos em espaço público, e cartazes colados nas ruas do centro de São Paulo. A frase foi copiada de uma matéria de jornal que noticiava a descoberta de um dos pixadores do Cristo Redentor, em abril de  2010 e, para mim, de alguma forma, a frase pensava a prisão de Caroline Pivetta dois anos antes, exatamente por essas razões, ao ter pixado o prédio da Fundação Bienal no contexto da Bienal de Arte de São Paulo. Foram distribuídos mais de 500 folhetos nas ruas e em transporte público, e colados cerca de 50 cartazes. A imagem foi realizada no metrô de São Paulo, e publicada no Volume I de Meio – Publicação de Arte.

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. Priscila said, on fevereiro 7, 2011 at 2:56 pm

    é exatamente assim que me sinto!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: